Inauguração!
Presença digital


Poucos (ou quase ninguém) sabem, mas hoje (31/08) é o dia do blog. Sim, ele tem seu próprio dia e vamos comemorar inaugurando o nosso. \o/

A Cervantes está há 14 anos no mercado nacional criando soluções para a automação e gestão comercial de varejo e serviços. Acumulamos bastante conhecimento e experiência nesses anos e estamos felizes em poder compartilhar um pouco com nossos parceiros.

Esse será um espaço para compartilharmos ideias, dicas, falar sobre negócios, marketing, gestão, falar sobre nossos sistemas, responder dúvidas e muito mais.

E claro, como estamos inaugurando esse formato de comunicação, não teríamos como abordar outro tema senão: presença digital.


A tecnologia faz parte da vida moderna ao ponto de não conseguirmos mais nos imaginar sem ela. Tanto para aprender, como descobrir coisas novas, lugares novos, pessoas diferentes, tudo que pudermos imaginar está a um click de distância. E não podemos negar que nossas empresas se beneficiam disso tanto ou mais que nós em nossa vida pessoal. O mundo digital revolucionou não somente a comunicação e a relação entre pessoas, mas também modificou muito a oferta e o consumo de produtos e serviços. Para mantermos o funcionamento de um negócio e principalmente para alavancar vendas e exponenciar o crescimento de uma empresa, temos que ter presença digital.

Mas o que é presença digital? De forma simples, seria a vida da sua empresa no mundo digital, ou seja, uma empresa com presença digital "existe", é encontrada e até se relaciona com pessoas e outras empresas nos meios digitais. Isso acontece através de sites, blogs corporativos, perfis em redes sociais, ou seja, toda comunicação online que seja feita ou esteja ligada à sua empresa cria e fortalece sua presença digital.

Isso é importante pois permite à sua empresa ser encontrada por atuais ou potenciais clientes e se relacionar com eles. Você pode usar esses meios para vender não somente seus produtos, mas para aumentar o nível de confiança e credibilidade percebidos de sua marca. Pode melhorar o seu pós-venda com conteúdos direcionados, criando relacionamento e fidelizando clientes. Ter presença digital, ainda que de forma simples e através de poucos meios, ajudam a fortalecer a ideia de empresa estruturada e confiável, dando ao cliente segurança tanto para negociar com sua loja física quanto digital.

Podemos criar infinitas estratégias e conteúdos nos meios digitais, mas as ferramentas iniciais são as mesmas.

Google Meu Negócio


Eu gosto de dizer que "se não está no Google, não existe". Você não é obrigado a compartilhar seu endereço, contato ou fotos se isso não faz parte de sua estratégia, mas deve configurar o "Google Meu Negócio" para dizer que sua empresa existe também no mundo real. A ferramenta é gratuita, basta acessar e configurar o que for estratégico para sua empresa.

Você pode adicionar uma descrição do seu negócio, dizer o que você oferece, seus horários de atendimento, fotos de produtos, trocar mensagens com seus clientes, até mesmo criar um site simples e comprar um domínio ali mesmo.

Site

Pense no site da empresa como sua sede virtual, a manifestação digital do seu negócio real. Ele deve informar o que sua empresa é, o que ela faz, como comprar dela, como ser contatada, como/quando/onde ocorrem os atendimento, ou seja, esse é o local em que você deve reunir todas as informações relevantes sobre seu negócio e sua atuação. Suas informações básicas devem estar aqui, pois quando um cliente estiver buscando seu serviço ou precisar de qualquer informação sobre um produto seu, esse é o local que ele buscará uma informação confiável, afinal, quem melhor para dizer como se comunicar com sua empresa e o que ela faz do que ela mesma?

Blog

Blogs são excelentes para passar conteúdos que você considera atrativos e relevantes para seus clientes. Eles podem expressar a personalidade de sua empresa de uma forma mais abrangente e falar de assuntos importantes para seu negócio, mas que não se referem especificamente a sua empresa, como descrições e avaliações de produtos, ou conteúdos extras como esse que você está lendo.

Blogs além de serem uma forma de comunicação com seus clientes, podem ser uma forma de agregar valor ao seu negócio e mostrar que sua empresa entende do assunto e, assim, gerar confiança.

Redes Sociais


Esse é um ponto interessante e é por onde muitas empresas pequenas têm começado, mas cuidado, antes de iniciar a investir seus recursos em redes sociais, certifique-se que você está escolhendo a correta.

Você tem que definir o público que quer atingir e tomar conhecimento de seu perfil para saber quais ferramentas eles usam. Não adianta criar um perfil na ferramenta que está na moda, se seu público alvo nem mesmo usa redes sociais.

Isso dito, a vantagem das redes sociais é que, além de serem gratuitas, dão a possibilidade de maior interação e integração entre sua empresa, clientes e pessoas interessadas no seu negócio através de comentários, compartilhamentos e "curtidas". É possível ter uma boa visão se o conteúdo que você está postando gera interesse no seu público. As postagens e atualizações podem ser feitas de forma mais prática e até mais informais se isso fizer sentido na sua estratégia.

Anúncios

Pagar por anúncios pode parecer difícil e assustador no início e, se você não entende muito de marketing, é mesmo. Mas a boa notícia é que é possível aprender e, não somente as empresas que oferecem espaços para anunciar costumam ter formas de assistência para quem está começando, como o Facebook e o Google, mas existem inúmeros especialistas de marketing que já tem conteúdos publicados sobre o assunto.

Anúncios pagos, quando bem feitos, costumam gerar um bom retorno de investimento. Se você optar por essa ferramenta, contrate um profissional da área ou você ou alguém de sua equipe deve se dedicar por um tempo a aprender sobre o assunto e fazer o acompanhamento para metrificar os resultados. Somente com acompanhamento é que você saberá se algum resultado positivo foi gerado por anúncios ou algum outro fator.

Por fim, lembre-se de criar coerência na comunicação de seu negócio nas diversas plataformas que você optar por utilizar. Caso sua empresa não esteja no momento de contratar um (ou mais) profissional para cuidar de sua comunicação, busque sempre usar seu logo de forma padronizada, defina cores, fontes tipográficas e um estilo de escrita e de imagens para serem utilizadas através das plataformas. Faça com que a comunicação no mundo real e virtual conversem entre si, isso ajudará a passar uma imagem profissional sobre sua empresa e fortalecerá o reconhecimento de sua marca.

Até mais,

Caroline Magnus
Marketing Cervantes

(31/08/2021)
20 de 27 pessoas acharam isso útill.   




Cervantes Tecnologia